23 Junho 2024

Marvel’s Spider-Man 2: Desvendando o mistério das cenas pós-créditos

3 min read

O jogo Marvel’s Spider-Man 2, que agora está disponível, traz consigo duas intrigantes cenas pós-créditos, que prometem sacudir o universo do Homem-Aranha. Vamos adentrar nesse reino de spoilers para desvendar o que essas cenas nos revelam.

A Primeira Cena:

A primeira cena pós-créditos é uma sequência direta da trama do jogo. Após o heróico resgate de Harry Osborn por Peter e Miles, que quase perdeu a vida após a separação do simbionte Venom (mas foi ressuscitado graças aos poderes elétricos de Miles), Norman Osborn embarca em uma busca desesperada por uma cura. O desfecho dessa cena nos mostra Norman solicitando a preparação de algo chamado “Soro G” (sendo o “G” de Green Goblin, o Duende Verde) e, de forma impactante, culpando os Aranhas pela situação crítica de seu filho.

Na sequência, Norman se dirige a Otto Octavius, revelando que está ciente da identidade do Homem-Aranha. Ao encontrá-lo, percebemos que Otto enfrenta dificuldades devido a uma condição degenerativa que afeta seu corpo. Ele afirma que Norman mereceu o sofrimento que passou e sugere que está escrevendo o “capítulo final.”

Mas o que isso tudo significa? Além de indicar que ambos personagens estarão de volta em Marvel’s Spider-Man 3, é possível que a referência ao “capítulo final” e à condição de Octopus estejam relacionadas à famosa história em quadrinhos “Homem-Aranha Superior,” onde Octopus troca de corpo com Peter Parker e assume a vida do Homem-Aranha. No entanto, no contexto dos jogos, acreditamos que seja Miles quem desempenhará esse papel intrigante.

A Segunda Cena:

Esta cena parte de um contexto diferente. No início do jogo, Rio Morales, mãe de Miles, menciona que tem saído com alguém e deseja apresentar seu novo namorado a seu filho. Entretanto, os eventos do jogo se desenrolam rapidamente, e esse encontro fica em suspenso.

No desfecho do jogo, Rio finalmente encontra o momento ideal para apresentar seu namorado a Miles. Ao abrir a porta, nos deparamos com um senhor simpático acompanhado de sua filha, Cindy Moon.

Mas o que isso significa? Nos quadrinhos, Cindy Moon é conhecida como Teia de Seda (ou “Silk” em inglês). Ela era uma estudante do Colégio Midtown que, em uma excursão, é picada pela mesma aranha radioativa que havia recentemente picado Peter Parker, conferindo-lhe poderes e habilidades semelhantes. No entanto, Cindy luta para controlar esses poderes e envolve acidentalmente seus pais com suas teias. Em busca de ajuda, ela procura Ezekiel Sims, um especialista em poderes aracnídeos, e acaba aprendendo muito mais do que esperava.

Com essa revelação, abre-se a possibilidade de que a Teia de Seda desempenhe um papel fundamental nos futuros desenvolvimentos do universo de Marvel’s Spider-Man.

Em resumo, Marvel’s Spider-Man 2 nos brinda com cenas pós-créditos carregadas de intrigas e possibilidades para o futuro do jogo, deixando os fãs ansiosos por mais reviravoltas e aventuras emocionantes no universo do Homem-Aranha. O jogo está disponível exclusivamente para o PlayStation 5.