Sem cachê, Daniela Mercury confirma show em Parada LGBT do Rio

22ª edição está marcada para 19 de novembro em Copacabana.

Publicado em 03/11/2017 às 17:34

Gay1 RJ
Sem cachê, Daniela Mercury confirma show em Parada LGBT do Rio
Foto: ArquivoDaniela Mercury explicou a dispensa de cachê para se apresentar na Parada LGBT do Rio.

“Sou artista e não capitalista”. Foi desta maneira que Daniela Mercury explicou a dispensa de cachê para se apresentar na Parada LGBT do Rio de Janeiro, que como se sabe, encontrou inúmeras dificuldades para conseguir se viabilizar sem qualquer apoio do poder público conservador da cidade, que é governada pelo prefeito evangélico Marcelo Crivella.

“Sempre fiz ações voluntárias e me sinto muito feliz em poder fazer isso. Além disso, sou embaixadora do Unicef há mais de 22 anos. Quando me convidaram me dispus a mudar minha agenda para estar na parada gay do Rio”, contou a baiana.

Sempre consciente e militante LGBT, Daniela também lembrou da importância de se marcar presença na Parada atualmente, além das principais causas pelas quais ainda temos que lutar para conquistar como cidadãos LGBTs: “Todas as Paradas do mundo existem para curar a homofobia da sociedade. É uma forma simpática de ocupação, com desfile e música, onde a arte tem seu protagonismo. Nesse momento precisamos tirar a transexualidade da lista de doenças da OMS e precisamos alterar artigos da constituição para assegurar o casamento entre pessoas do mesmo sexo”, disse.

A 22ª Parada Do Orgulho LGBTI do Rio está marcada para 19 de novembro em Copacabana.

Vaquinha online

Uma semana após ser publicada, a campanha online de arrecadação para a realização da 22ª edição arrecadou quase R$ 7 mil. Sem apoio da Prefeitura, o Grupo Arco-íris de Cidadania LGBT, organizador do evento, viu a criação da campanha dentro da Benfeitoria, uma plataforma de mobilização de recursos para projetos de impacto cultural, social e econômico, como alternativa final para colocar o desfile na rua, em Copacabana.

Oi gente, tenho um convite >> contribua para que a 22ª Parada do Orgulho LGBT RIO aconteça no dia 19 de novembro de 2017 na Praia de Copacabana. A atual administração da cidade banil o evento do calendário carioca assim como outros encontros que celebram a cultura popular: os sambas de raiz, feiras de cultura afro e atividades ligadas ao carnaval. Essas medidas hostis acontecem no mesmo momento dos covardes ataques a Centros de religiões afro-brasileiras. Clamamos por empatia e respeito às diferenças. As Paradas LGBTs movimentam comércio e turismo e são celebradas no mundo todo. Com a nossa ajuda, essa será a Parada da resistência! Entre agora no site benfeitoria.com/paradadaresistencia lá tem todas as metas e um guia de como ser um benfeitor. Diga não ao fundamentalismo, conservadorismo e ao retrocesso de direitos. Seja resistente junto com a gente.

Publicado por Luis Lobianco em Terça-feira, 17 de outubro de 2017
© Portal Gay1
 
Encontre-nos no Google+