Barbie usa camiseta com slogan de campanha pelo casamento igualitário

Publicação em redes sociais mostra boneca exibindo a frase 'Love Wins'.

Publicado em 29/11/2017 às 18:37

Gay1 Mundo
Barbie usa camiseta com slogan de campanha pelo casamento igualitário
Foto: Reprodução/InstagramDuas bonecas Barbie aparecem lado a lado vestindo camisa da campanha "Love Wins", lançada no mês do orgulho LGBT.

Uma publicação no Instagram da Barbie em que duas bonecas aparecem vestindo camisetas em apoio aos direitos LGBT vem movimentando a web. Na estampa delas, criada pela blogueira Aimee Song, está escrito "Love Wins" que, em português, significa "O amor vence", slogan de defesa do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Em seu perfil da rede social, Song agradeceu a Mattel por ter representado uma boneca Barbie da forma como é e respeitando suas crenças, além de estar vestida como ela própria.

"Eu e @BarbieStyle apoiando direitos iguais porque #LOVEWINS", afirmou a blogueira. "Ou, como alguns de vocês especularam, talvez estejamos secretamente namorando", brincou.

A companhia Mattel não comentou a orientação sexual da Barbie. Ao jornal "The Guardian", a empresa afirmou que a Barbie é uma "marca inclusiva que celebra a diversidade, bondade e aceitação".

O post com a foto das bonecas, uma sentada ao lado da outra, com um closet atrás e um cachorrinho entre elas, não agradou alguns internautas preconceituoso.

"Crianças não precisam disso em suas vidas", escreveu uma pessoa. "A pior. Eu tenho três filhas e nós amamos a Barbie. Muito triste em ver essa perversão de algo tão clássico. Mau gosto. Nós não vamos mais comprar filmes da Barbie. Me dá enjoo", registrou outra.

Por outro lado, alguns usuários do Instagram ressaltaram que a maioria dos comentários era de elogios à iniciativa da marca.

"É tão bom ver que a maior parte dos comentários estão apoiando isso", afirmou uma internauta.

Sobre os comentários negativos, outra pessoa disse ter esperança de que as crianças vão crescer deixando de lado o preconceito que teriam aprendido em casa.

"Tão triste em ver pais pensarem que está tudo bem em criar seus filhos numa casa repleta de intolerância. Ainda bem que a maioria não faz isso hoje em dia, e as crianças vão, espero, desaprender a homofobia, racismo e xenobobia de seus pais", disse mais uma.

Quando lançou a campanha, Song explicou que 50% do valor das vendas das camisas seriam destinadas à organização sem fins lucrativos "The Trevor Project", cujo objetivo é prevenir suicídio entre pessoas LGBTQ.

Ainda neste mês, a Mattel anunciou o lançamento da primeira Barbie com véu islâmico, em honra à atleta olímpica Ibtihaj Muhammad, no momento em que o hijab ganha as passarelas de moda, as capas de revista e emojis de smartphones em aceno à tolerância religiosa e contra o preconceito.

No ano passado, foi a vez de destacar a diversidade entre as pessoas, variando, portanto, os tipos de cabelo, rostos e corpos das bonecas. Neste ano, o mesmo ocorreu com o Ken.

© Portal Gay1
 
Encontre-nos no Google+