Sesc promove Semana da Diversidade LGBTI com Gloria Groove em Taguatinga

O evento faz parte da 12ª Parada LGBT de Taguatinga, que encerra no domingo, 24. Veja a programação completa.

Publicado em 15/09/2017 às 19:53

Gay1 DF
Sesc promove Semana da Diversidade LGBTI com Gloria Groove em Taguatinga
Foto: DivulgaçãoGlória Groove abre programação da 12ª Parada LGBT de Taguatinga.

A Semana da Diversidade LGBTI do Sesc com apoio da 12ª Parada do Orgulho LGBTS de Taguatinga oferecerá, entre 18 e 24 de setembro, diversas atividades no na unidade de Taguatinga Norte. O evento tem como objetivo garantir e promover o debate visando o respeito, a cidadania e os direitos humanos da população LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e interssexuais). O evento encerra programação com a 12º Parada do Orgulho LGBTS de Taguatinga, que acontecerá dia 24 de setembro.

Segundo Samuel Araújo, técnico de cultura do Sesc e idealizador do evento, “o projeto se justifica no respeito às diferenças e na igualdade de gênero, que devem ser valores vivenciados em todos os âmbitos sociais, trazendo informação ao público em geral através de debates, oficinas e obras artísticas que propõem a desmistificação de tabus relacionados às temáticas LGBT ainda propagados pela sociedade”. Samuel explica que a descentralização do debate é fundamental. “O fato de a semana ser realizada fora do plano piloto estabelece representatividades e conexões singulares do que é colocado em cena pelos diversos espectros de sexualidade, identidade e gênero, em Regiões Administrativas onde o assunto ainda não é abertamente discutido”.

Programação

Na segunda-feira (18), a partir das 20h, acontece a abertura do evento e show com Gloria Groove do Brasil. Aos 22 anos, Gloria Groove é uma mistura improvável do rap, um universo predominantemente masculino e machista, com o imaginário colorido e cintilante das drag queens. Nascida como Daniel Garcia e criada na Vila Formosa, zona leste de São Paulo, a drag rapper lançou este ano seu primeiro álbum: O proceder, com oito faixas de trap (gênero que mistura rap com batidas eletrônicas), a maioria de sua autoria. Diferentemente das drag queens que dublam, ela canta de verdade, e nas letras de tom autobiográfico, fala de militância, cultura drag e autoestima.

Na terça-feira (19), o evento começa às 16 horas com uma oficina de Drag Queen ministrada por Allice Bombom. O evento continua às 20 horas, com show do grupo Cantigas Boleráveis! A ideia do grupo surgiu em 2013, quando os amigos Victor Carballar e Denver Moura, da Cia. Trazeiros resolveram realizar um desejo antigo: reunir, em um show performático, música latina, teatro e diversidade cultural. Logo após o show, às 21h, haverá debate com o tema da 12ª Parada LGBTS de Taguatinga: “Juntos formaremos um arco-íris, você não está só!”.

Na quarta-feira (20), a partir das 19h acontece o Cine Sesc da Diversidade que promove a exibição do média metragem “Bichas, o documentário” (PE), de Marlon Parente. Em seguida, a partir das 20 horas, serão exibidos os curtas “Entre cores e navalhas” (DF); “Allice” (DF); “Vagabunda de meia tigela” (DF) e “Eu não quero voltar sozinho”, este último do diretor e roteirista paulista Daniel Ribeiro, premiado nacional e internacionalmente. Após a exibição será realizado o Cine Debate, que vai discutir os temas cinema, identidades, homofobia e política, com participação dos diretores e elenco dos filmes exibidos.

Na quinta-feira (21), às 20 horas, haverá apresentação do Humor de 5ª Especial: Viva a diversidade. Na oportunidade será realizado um concurso de talentos LGBTI com apresentação de stand ups, cenas cômicas, dublagens, performances de canto e dança, além de uma homenagem a Drag Queen brasiliense Allice Bombom.

Na sexta-feira (22), a partir de 20 horas o Teatro Paulo Autran vai receber a peça Adaptação, do grupo Teatro de Açúcar, que conta a historia de personagens em um momento de adaptação como meio de sobrevivência. Após o espetáculo haverá um debate sobre “O movimento LGBTI e as políticas de educação de gênero e diversidade sexual”.

No Sábado (23) a programação começa às 14 horas com uma feira de livros e serviços para a comunidade LGBTI e dança Stiletto. Já às 17 horas será exibido o documentário “Todo Mundo Vai Saber”, seguido pelo debate “Da invisibilidade a luta – O que é ser LGBTI na periferia”. A peça Adaptação vai ser encenada novamente às 20h e logo após acontecerá a palestra “A transgeneridade e o movimento feminista”, com participação da Comissão de Diversidade da OAB.

No domingo (24), a programação da Semana da Diversidade se encerra com a 12ª Parada do Orgulho LGBTS de Taguatinga.

© Portal Gay1
 
Encontre-nos no Google+