Ato contra a 'Cura Gay' reúne milhares nas ruas do Centro do Rio

Manifestação começou na Alerj às 17h e percorreu outras vias da região.

Publicado em 22/09/2017 às 21:05

Gay1 Rio
Ato contra a 'Cura Gay' reúne milhares nas ruas do Centro do Rio
Foto: Reprodução/FacebookManifestação interdita ruas do centro contra 'Cura Gay'.

Um ato pela revogação da liminar que permite o tratamento da sexualidade de pessoas LGBT como doença começou às 17h no Centro do Rio, em frente à Alerj, nesta sexta-feira (22). A manifestação é monitorada pela Polícia Militar, que afirma que o ato é pacífico.

A manifestação interditou a Rua 1º de Março, na altura do CCBB, que já estava liberada às 19h. Depois, fechou completamente a Av. Rio Branco, o que ocasionou trânsito lento na Av. Presidente Vargas. Os manifestantes se deslocavam no sentido Cinelândia.

Ato contra a 'Cura Gay' reúne milhares nas ruas do Centro do Rio
Foto: Reprodução/FacebookAto interdita ruas do centro contra 'Cura Gay'.

Decisão judicial no DF
A Justiça Federal do Distrito Federal permitiu, em caráter liminar, que psicólogos possam tratar pessoas LGBT como doentes e possam fazer terapias de reversão sexual. A decisão é de sexta-feira (15). Desde 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS), deixou de considerar a sexualidade de pessoas LGBT como doença.

Ato contra a 'Cura Gay' reúne milhares nas ruas do Centro do Rio
Foto: Reprodução/FacebookManifestação interdita ruas do centro contra 'Cura Gay'.

Na resolução 01/1999, o conselho estabelece as normas de condutas dos psicólogos no tratamento de questões envolvendo orientação sexual. De acordo com a organização, ela trouxe impactos positivos no enfrentamento a preconceitos e proteção de direitos da população LGBT no país, “que apresenta altos índices de violência e mortes por LGBTfobia”.

Ato contra a 'Cura Gay' reúne milhares nas ruas do Centro do Rio
Foto: Reprodução/ Centro de OperaçõesManifestação interdita ruas do centro contra 'Cura Gay'.
© Portal Gay1
 
Encontre-nos no Google+