Polícia investiga assassinato de travesti às margens de rodovia no nordeste do Pará

Natasha Taylor foi morta com três tiros na barriga e nas pernas na noite da última segunda-feira, 5. Família diz que crime está relacionado à transfobia.

Publicado em 08/06/2017 às 14:19

Gay1 Notícias
Polícia investiga assassinato de travesti às margens de rodovia no nordeste do Pará
Foto: Reprodução/Rede LiberalNatasha Taylor foi assassinada com três tiros na barriga e nas pernas.

A Polícia Civil investiga a morte de uma travesti às margens da rodovia BR-316 na noite da última segunda-feira (5), em Castanhal, no nordeste do Pará. Conhecida como Natasha Taylor, de 34 anos, ela foi assassinada com três tiros na barriga e nas pernas.

Segundo a família da vítima, Natasha frequentava o local há vários anos e não tinha inimigos. O irmão acredita que o crime está relacionado à transfobia.

Polícia investiga assassinato de travesti às margens de rodovia no nordeste do Pará
Foto: Reprodução/Rede LiberalO irmão acredita que o crime está relacionado à transfobia.

"A única coisa que ela tinha era que muitas pessoas tinham preconceito com o travesti ainda hoje. As vezes que ela estava lá e passavam atirando. Maldade, pura maldade mesmo, o que fizeram com ela", lamentou Rodiney Cabral, irmão da vítima.

De acordo com a Polícia Civil (PC), no momento que a vítima foi baleada, havia outras pessoas próximas ao local e que podem ter visto a moto ou o carro de onde partiram os tiros, mas até o momento ninguém apareceu á delegacia para prestar esclarecimentos, ou ajudar a Polícia para identificar o criminoso.

"Em Castanhal já houve outros incidentes semelhantes. A Polícia Civil já vem com uma linha de investigação para esse tipo de delito. Temos algumas informações e posteriormente tudo será esclarecido para que não prejudique ás investigações da Delegacia de Homicídios", disse Patrício Pontes, delegado de polícia.

© Portal Gay1
 
Encontre-nos no Google+